quinta-feira, 14 de janeiro de 2016

Eu e a Terapia, a Terapia e eu . E você, faz terapia?

Eu e a Terapia, a Terapia e eu . E  você, faz terapia?
Desde muito nova eu já fui a terapia. A primeira vez que fui devia ter 15 pra 16 anos. Fiz aproximadamente 1 ano e depois resolvi parar. Mas como resultado acabei indo  pra fonoaudióloga, para “aprender” a falar com as pessoas sem gritar.
Depois com correria de formar, descobrir a vida, fiquei sem terapia. Depois no cursinho aos 19 anos fiz uns 3 meses de conversa com terapeuta, nem era terapia. Aos 21 procurei outro terapeuta, e ele sim foi meu caso de amor...rs
Fiquei com ele por 5 anos, isso mesmo, CINCO ANOS!!!
E descobri muita coisa sobre mim, coisa inclusive que não sabia se queria descobrir, como por exemplo sobre como as falas de pai e mãe quando criança interferem na nossa vida adulta. Essa terapia coincidiu justamente com a época em que eu fui ao MADA (Mulheres que Amam Demais) e percebi que precisava cuidar do meu ciúme.
Depois, aos 25 fui diagnosticada com TDAH (Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade) e passei por duas psicólogas. Agora, aos 28 comecei tem um mês com uma nova terapeuta!!!
Muita gente pergunta se adianta fazer terapia, se é bom e se “faz efeito”.
No MADA eu aprendi uma coisa muito importante e que levo pra vida toda:
SE ALGUÉM QUER SE TRATAR TEM QUE INVESTIR!!!
Pode ser investir tempo, investir dinheiro ou investir boa vontade mesmo, mas o importante é investir.
Acho que todo mundo deveria fazer terapia e APRENDER CONSIGO MESMO!
Brinco que a sessão só faz efeito quando saímos da sessão quando saímos com raiva da terapeuta...rs
Pq a terapia nos faz pensar, refletir.

Acho que vc deveria tentar. Que tal?

2 comentários:

Unknown disse...

Muito Triste o que estou vivendo, sou casada a 6 anos meu Marido trabalha Viajando com isso Nosso casamento foi se desgastando Nao Sinto Nada Por Ele temos Uma Filha De 3 anos Nao Trabalho no Momento estou faz Tempo Querendo me livrar desse sentimento ruim qe e não ser desejada pelo proprio marido, Pra mim nao adianta ficar Junto o qe Vcs Acham!!

Anônimo disse...

Se ele fica muito tempo fora, 0quando ele chega em casa, como diz minha avó. Ele tem que se sentir seguro e no paraíso. Se ele chega e vc ja boa todas as merdas, todas as faltas, todos os problemas. Ele vai se perguntar, pq voltei pra casa. Isso faz com que ele entre em modo automático, fica quieto mudo e calado, vc fala ele não te escuta, pq está em modo automático. Ao qnd vc o puxa pra conversa, a melhor resposta que ele tem é, não sei, você que sabe, faz o que achar melhor. E assim vc perdeu um tempo com ele.
Qnd ele chegar o recepcione, deixe que ele sorria, fale com a filha, mostre os bem feitos da filha de vocês, não dava perguntas, tipo, o que vc fez, faça perguntas abertas, e aí como foram as coisas, depois que ele comeu, ou dormiu, ou tomou um banho, ou brincou com a filha, e principalmente depois que você o recepcionou com um abraço e com um beijo e aquela parafina para olhar nos olhos. Ido sim faz a diferença.
Os problemas, vc transformar em situações, não chega e despeja, fale que está com uma situação que ele precisa participar, além de amor e carinho, V ele precisa de sentir útil, principalmente se ele achar a solução, ele vai ter mais prazer em voltar pra casa.