sexta-feira, 17 de setembro de 2010

Ajudar ao próximo é sempre uma boa escolha!

Vou começar esse post contando uma história para vocês: Quando eu tinha 18 anos participei de um projeto em que conheci vários jovens que trabalhavam em ong's. Eu nem sabia direito o que era uma ong, mas pus na cabeça que queria ajudar as pessoas e ajudei a montar a ONG ATUAÇÃO. Isso foi em 2005. Me centrei nisso e nao fazia mais nada...era ajudar ao próximo de manha, de tarde e de noite. Montamos um pré-vestibular comunitario e foi super legal.
A única coisa "ruim" nessa historia toda é que depois de um tempo vi que tava usando a Atuação para me esconder das resposabilidades comigo mesma que eu tinha. Eu cuidava dos outros para ver se alguem cuidava de mim...rs
Nós Mulheres que Amamos demais temos o hábito de cuidar dos outros para tentar suprir as nossas próprias carencias. Por isso, preste atençao em quanto você se dooa. Pois as vezes isso é um sinal de que você está voltando seu foco para o próximo pois não tem amor próprio ou está querendo se esconder atrás disso.
Não estou dizendo para todos pararem de fazer trabalhos voluntários, ou ajudar ao próximo, estou dizendo que é super legal nos conhecermos antes de tudo. Quando você frequenta o MADA você descobre que tem que virar seu foco para você, e é isso que aconselho. Cuide de você, ame a você, acolha a você,!!! Isso é o melhor que você pode fazer, cuidar de você para depois cuidar do próximo!
Mas ainda acho que ajudar ao próximo é sempre uma boa opção.
Quem quiser ajudar a ONG ATUAÇÃO fique a vontade. Qualquer doação será sempre bem vinda!!!
ONG ATUAÇÃO
Banco Itaú
Agência: 0594
Conta Corrente: 40907-0
e-mail: assessoriadeimprensaongatuacao@hotmail.com

Ficaremos felizes com quaisquer doação!!!

Beijos da Madá

2 comentários:

Rê. disse...

Amiga Linda...

Vc tem toda razão sim. Ajudar sempre faz mto bem, tanto para o próximo qto pra gente. Todos nós deveriamos fazer um pouquinho cada um na sua maneira pra melhorar alguma coisa nessa sociedade tão desigual. eu tb tento fazer minha parte e isso me deixa mto feliz. Continue assim viu!
beijos com carinho...

Bwana Ricardo disse...

Nossa cultura ocidental está centrada no cristianismo, e é sempre bom pararmos para analisar como os preceitos cristãos são interpretados pelas pessoas e por nós mesmos.
Por exemplo, quando Jesus disse para "tratar ao próximo como a si mesmo", creio que ele estava aconselhando 95% da população do mundo, e os 5% restantes, que são naturalmente inclinados a agir desta maneira por serem naturalmente bons, deveriam alterar a frase para "tratar a si mesmo como trata ao próximo".
Outro exemplo é a ideia de "oferecer a outra face". Apesar de estar relacionada a "perdoar" no sentido de "não se vingar, não guardar rancor" (o contrário do "olho por olho, dentre por dente"), os espertalhões e chantagistas emocionais sabem muito bem aproveitá-la no sentido de "faça uma força para esquecer o meu erro, volte para junto de mim, volte a se submeter eternamente a mim, volte a ser a besta cega e burra que você sempre foi - já que ara mim é muito conveniente, apesar de ser horrível para você".
Quanto ao ciúme excessivo, existem duas alternativas que podem explicá-lo:
1) talvez seja por excesso de "mimo" ou de egocentrismo (não querer dividir nada com ninguém ou querer algo só para si ou querer atenção exclusiva o tempo todo);
2) talvez seja uma defesa; uma pessoa que cresce ao lado de alguém que estava sempre tentando lhe "roubar" algo ou que estava sempre disputando algo com ela (irmã, irmão, primo, prima, pai, mãe, etc. em relação a atenção, carinho, brinquedos, etc.) pode ficar extremamente ciumenta quanto a determinadas coisas, é uma forma de dar um ultimato: "espere aí, já me tiraram TUDO, mas pelo menos isto aqui vai ser MEU e SÓ MEU!".

Um abraço,
Bwana Ricardo